De Vítima a Algoz

from by cidade cemitério

/
  • Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

     $1 USD

     

about

/Escrita na época do atropelamento da Bicicletada em Porto Alegre. Várias pessoas argumentavam que os ciclistas tinham "provocado" essa situação. Você põe a culpa na vítima, que é exatamente a mesma lógica de responsabilizar as mulheres quando elas sofrem violência sexual, ou porque beberam ou porque usam determinada roupa, ou por qualquer outro motivo imbecil/

lyrics

DE VÍTIMA A ALGOZ

Esconda o seu corpo
Não pedale nessas ruas

É apenas vontade, não provocação.

Se preservar? Se enclausurar!
De Vítima a Algoz
De Vítima a Algoz

Uma garota violentada
Um corpo estraçalhado

É o meu direito e não uma invasão.

Se preservar? Se enclausurar!
De Vítima a Algoz
De Vítima a Algoz

O silêncio não salva ninguém
O silêncio não salva ninguém

credits

from Asa Morte, released February 20, 2012

tags

license

feeds

feeds for this album, this artist

about

Cidade Cemitério Brasília, Brazil

ruas largas, sem calçadas e que parecem desenhadas em pranchetas no andar mais alto do palácio do buriti. essa cidade não foi feita para pessoas e sim para pessoas dentro de carros, pessoas dentro de prédios: pessoas dentro da máquina de produção-consumo.

feita na prancheta, imaginada e não vivida, Brasília é uma cidade construída em amor ao poder.
... more

contact / help

Contact Cidade Cemitério

Streaming and
Download help